UniPúnguè com novos cursos

A UNIVERSIDADE Púnguè (UniPúnguè), extensão de Tete, introduziu no presente ano académico, quatro novos cursos, nomeadamente Geologia, Linguística, Geografia e Ensino de Inglês.
Esta informação foi avançada há dias pela directora da UniPúnguè, extensão de Tete, Madalena Tirano Bive, tendo dito que os três novos cursos foram acreditados pelo Conselho Nacional de Avaliação de Qualidade (CNAQ).
A instituição está a alargar as suas actividades a nível da província, não obstante alguns constrangimentos, sobretudo no que diz respeito ao espaço físico para o funcionamento das salas de aula, entre outros equipamentos essenciais para melhor desempenho das actividades.

Por forma a aprimoramento a qualidade do ensino e aprendizagem, bem como a formação de quadros com a devida competência e habilidades, a UniPúnguè lançou um concurso público para apurar uma entidade que vai fornecer equipamento de laboratório destinado às cadeiras de Geociência e Ambientes. Igualmente pretende equipar o laboratório do Departamento de Ciências Exactas e Tecnológicas.

“Para a divulgação das nossas realizações e promoção da imagem da instituição, abrimos recentemente uma loja, no recinto, onde estão expostos e são comercializados os nossos produtos”, precisou Madalena Bive.
Aquela gestora afirmou que brevemente será lançado o projecto denominado “Intervenção Pedagógica em Tecnologias Educacionais no âmbito da Extensão Universitária”, visando a capacitaão de 30 professores e 689 alunos do Ensino Secundário do 2.º Ciclo, da Escola Secundária de Chingodzi, no município de Tete, no uso de ferramentas tecnológicas educativas em sistema e-learning.

De salientar que decorre o processo de reorganização do Registo Académico, através de uma estratégia que vise melhor gestão dos estudantes nos respectivos cursos em relação, por exemplo, às disciplinas com precedência, aos processos de defesa de monografias, socialização dos critérios e reingresso, mudança de cursos, de regime, anulação de matrícula, entre outros aspectos pontuais.
No âmbito da parceria com outros estabelecimentos de ensino a nível do município, a UniPúnguè ofereceu, recentemente, a quatro escolas, diverso material didáctico produzido pelos estudantes desta instituição no decorrer das aulas.
“Anualmente fazemos a oferta de material didáctico resultante da produção nas diversas disciplinas e cursos às escolas parceiras e em Março levamó-lo à primária de Chimulambe e secundária de Chingodzi”, esclareceu Madalena Bive.

A UniPúnguè, cuja sede está em Chimoio, na província de Manica, matriculou em 2022, para os 21 cursos, um total de 3159 estudantes dos quais 1526 são mulheres. Para este ano académico adquiriu 1200 títulos de diferentes áreas de conhecimento, incluindo os novos cursos em funcionamento.