Chachine é novo PCA da Vodacom Moçambique

Lucas Chachine é novo PCA da Vodacom Moçambique

A Vodacom Moçambique tem um novo Presidente do Conselho de Administração. Chama-se  Lucas Chachine, que assume o cargo em substituição de Nuno Quelhas, que esteve no comando da empresa durante três anos da presidência rotativa na operadora de telefonia.

Lucas Chachine foi eleito em representação da Emotel, SA e o seu mandato irá prolongar-se até Junho de 2026.

Não é a primeira vez que Lucas Chachine assume o cargo de PCA da Vodacom. A primeira vez foi entre 2015 e 2017.

Segundo uma nota de imprensa da telefonia móvel, Chachine era membro do Conselho de Administração da empresa, até a data da sua eleição.

Por seu turno, Chachine prometeu trabalhar para consolidar a posição da Vodacom como instituição de experiências inovadoras e que tem vindo a destacar-se no mercado das telecomunicações em Moçambique, apoiando a tão necessária digitalização da economia nacional.

“É com muita emoção que volto a assumir a presidência da Vodacom Moçambique. A responsabilidade é grande, os desafios são enormes, mas a vontade de oferecer melhores serviços à sociedade, ligar cada moçambicano e juntos fazermos crescer Moçambique supera qualquer adversidade”, afirmou Chachine.                                                       

O novo chefe da Vodacom destacou a necessidade de se continuar a expandir a rede de telecomunicações, melhorar a qualidade e, sempre, perceber as necessidades dos Clientes em todos os produtos e serviços oferecidos pela empresa. “Queremos fazer a diferença e acredito que estamos no caminho certo, por isso, quero agradecer ao meu antecessor, Nuno Quelhas, por ter mantido a missão da Vodacom Moçambique”.

Chachine destacou a necessidade do contínuo empenhamento no apoio à inclusão financeira dos moçambicanos, através do M-Pesa, recordando que, até 2025, a Vodacom pretende que 75% dos moçambicanos estejam interligados através da plataforma financeira M-Pesa e que a rede de telefonia atinja cerca de 21 milhões de moçambicanos, em todo o país.

Nuno Quelhas deixa a presidência da Vodacom, mas continua na instituição, como membro do Conselho de Administração. A entrada do novo PCA representa uma renovação dos compromissos da Vodacom de se manter líder do mercado das telecomunicações e continuar a fazer a diferença no dia-a-dia de todos os moçambicanos.

Fonte: O Pais