Muchanga discorda do juiz e recorrerá ao Conselho Constitucional.

MUCHANGA

O Tribunal Judicial do Distrito da Matola rejeitou o recurso da Renamo contestando os resultados da Comissão Distrital da Matola.

Antonio Muchanga, líder da Renamo, alega que o juiz utilizou argumentos infundados para rejeitar o recurso e prometeu recorrer ao Conselho Constitucional para restaurar a vontade dos eleitores expressa nas urnas.

Nesta quarta-feira, 18 de outubro, a Renamo na Cidade da Matola continuou sua marcha pacífica em protesto contra os resultados divulgados pela Comissão Distrital de Eleições.

Durante o evento, Antônio Muchanga criticou o juiz por dar prioridade às redes sociais em vez do recurso.

“Recebemos a informação às 10h40, mas o documento já circulava nas redes sociais desde as 4h da madrugada. Lamentavelmente, o juiz deu prioridade às redes sociais. Os argumentos que ele apresenta são questionáveis, pois fala de reconhecimento de editais. Como posso reconhecer um edital em um processo que foi realizado na noite de sexta-feira, com o prazo para terminar no domingo à noite? Vamos apelar ao Conselho Constitucional”, concluiu Muchanga.

Créditos: Evidencias