EUA destacam irregularidades nas eleições de Moçambique.

EUA

Os EUA expressam preocupação sobre relatórios credíveis de irregularidades nas recentes eleições autárquicas e na apuração dos votos em Moçambique. A embaixada dos EUA observou o escrutínio em 12 municípios.

Após cinco dias da votação autárquica, as entidades que participaram na observação do processo iniciaram avaliação do mesmo. A Embaixada dos Estados, entre outras, uniu-se a observadores nacionais e internacionais para supervisionar o escrutínio em 12 municípios.

Em um comunicado à imprensa, os Estados Unidos destacam várias irregularidades no processo.

Conforme indicado pela embaixada dos EUA, é crucial que a Comissão Nacional de Eleições assegure uma contagem precisa e transparente dos votos. Os apelos continuam “enfatizamos o apelo às autoridades eleitorais, aos tribunais locais e ao Conselho Constitucional para tratarem com seriedade todas as reclamações de irregularidades e agirem de maneira imparcial”.

Os Estados Unidos reforçam a importância de um processo eleitoral moçambicano limpo, transparente e pacífico para o futuro da democracia multipartidária no país.

Créditos: Opaís