UNICEF e SERNIC unem-se contra violência

O FUNDO das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) doou ontem, em Maputo, motorizadas e equipamento informático ao Serviço Nacional de Investigação Criminal (SERNIC), em apoio à melhoria dos serviços de atendimento das mulheres e crianças vítimas de violência.

O apoio, que inclui actividades de formação e sensibilização, está avaliado em 7,2 milhões de meticais.

“Estamos cientes dos inúmeros desafios do SERNIC na prevenção e combate à violência. Por isso, é com grande satisfação que procedemos à entrega deste equipamento a um órgão que se constitui importante parceiro no combate a este mal”, disse Maureen Gallagher, chefe de Saúde e Nutrição da Criança no UNICEF.

Acrescentou que a Covid-19 e as consequências dos desastres naturais recorrentes aumentaram significativamente a vulnerabilidade de mulheres e raparigas. Por esses factores, mostra-se urgente assegurar maior brevidade e celeridade nos processos.

Segundo Gallagher, é necessário reverter a tendência de aumento dos casos de violência para que as crianças possam alcançar o máximo potencial e os países atinjam as suas metas de desenvolvimento social e económico.

“Sabemos que esta doação não é suficiente para suprir todas as necessidades do sector, por isso reiteramos o compromisso do nosso apoio, pois a eliminação da violência é uma necessidade colectiva”, vincou.

Por sua vez, Fernando Francisco, director-geral-adjunto do SERNIC, garantiu tratar-se de um material que fará diferença nas actividades, principalmente por se tratar de uma instituição nova, que enfrenta dificuldades enormes.

“As motas vão beneficiar os pontos focais nas províncias, para facilitar a sua locomoção para locais de difícil acesso e que é onde tem acontecido mais a violência baseada no género”, garantiu.