SUBIDA DO CAUDAL DO RIO MAPUTO Circulação interrompida entre Catuane e Madubula

A CIRCULAÇÃO rodoviária entre o posto administrativo de Catuane e a localidade de Madubula está interrompida devido à subida do caudal do rio Maputo nas últimas 24 horas, indica uma nota da Direcção Nacional de Gestão de Recursos Hídricos (DNGRH).

“A bacia do rio Maputo continua a registar subida do nível, tendo causado corte da circulação rodoviária entre o posto administrativo de Catuane e a localidade de Madubula”, lê-se na nota ontem divulgada.
Face às previsões meteorológicas e à situação hidrológica prevalecente, para as próximas 72 horas prevê-se oscilação do nível hidrométrico com tendência a subir nas bacias do Maputo e Incomáti.

A DNGRH alerta também para a prevalência de inundações urbanas nas cidades de Maputo e Matola devido à acumulação de águas pluviais.
O boletim hidrológico nacional divulgado pela DNGRH indica que nas 24 horas anteriores houve registo de chuva fraca a forte à escala nacional.

Nas regiões norte e centro do país, as bacias hidrográficas registam oscilação do nível hidrométrico, com tendência a subir, face à chuva que se tem registado, entretanto, mantêm-se abaixo do alerta.
Na região sul, a bacia do rio Incomáti, em Magude, registou subida do nível, tendo superado o nível de alerta, em virtude do escoamento proveniente da montante e da contribuição da chuva registada em território nacional.