SEGUNDO ACTIONAID Melhoram serviços nas unidades sanitárias

A ACTIONAID, uma organização não-governamental (ONG) internacional, manifestou recentemente, em Maputo, satisfação pelo contributo do Governo na melhoria dos serviços prestados pelas unidades sanitárias públicas.
A coordenadora de programas da ActionAid, Márcia Cossa, disse que os resultados da melhoria são visíveis, principalmente nas províncias de Inhambane, Gaza, Maputo e Zambézia.
Do trabalho realizado, nos últimos quatro anos, segundo Cossa, foram, por exemplo, poucos os casos de denúncias sobre a qualidade de serviços prestados.

Graças à articulação existente com o Governo, acrescentou, já é possível ver exemplos encorajadores, facto que motiva a sociedade civil a continuar a trabalhar em prole do bem-estar das populações mais desfavorecidas, e não só.
“Houve uma melhoria significativa em termos de atendimento nos hospitais. Já há caixas de reclamações em algumas unidades, existe uma espécie de concurso para seleccionar o melhor hospital público. Esta iniciativa tem impulsionado os agentes de saúde a melhorarem cada vez mais a prestação de serviços”, disse.
Manifestou satisfação com a abertura dos governos distritais e provinciais na partilha de estratégias de melhoria de serviços públicos nas áreas da agricultura, bem como na promoção de espaços de diálogo entre a população e Governo.

A constatação foi exteriorizada durante um encontro, de um dia, cujo objectivo era reflectir sobre o grau de implementação dos projectos, realizados nos últimos quatro anos, e definir estratégias para implementação de actividades em zonas mais recônditas do país.
Na ocasião, reflectiu-se sobre o grau de envolvimento de cada parceiro na transmissão dos conhecimentos partilhados com a finalidade de melhorar a governação.
São parceiros da agremiação a Associação Moçambicana de Cidadania Activa (AMOCA), Sociedade Aberta (SA) e o Conselho Cristão de Moçambique (CCM). Os projectos liderados pela Actionaid contam com o financiamento da Agência Dinamarquesa para o Desenvolvimento Internacional (DANIDA). (AIM)