Polícia Municipal apreende motorizadas

VINTE motorizadas foram apreendidas domingo, no bairro da Munhava, cidade daBeira, por os seus proprietários não usaram capacetes, coletes e/ou não possuírem licenças.

Segundo o chefe das Operações da Polícia Municipal (PM), Manuel Gimo, a apreensão resultou de fiscalização rotineira que foi, entretanto, intensificada devido ao registo de vários acidentes de viação provocados principalmente pelos operadores de moto-táxi.

Gimo fez saber que, para recuperar os seus meios, os proprietários devem regularizar toda a documentação, adquirir coletes e capacetes e pagar multa, no mínimo de mil meticais.

Recordou que a PM tem sensibilizado os moto-taxistas de modo a pautarem por condução defensiva e usarem todos os equipamentos necessários de protecção.

“Temos feito sensibilização em diferentes pontos da urbe.

O nosso trabalho não consiste somente na penalização, mas também na educação do próprio operador com vista a perceber as regras de trânsito”, explicou.

Defendeu que se cada um fizer o seu papel não haverá acidentes nas estradas. Manuel Gimo contou ainda que, muitas vezes, os moto- taxistas envolvem-se em acidentes por não respeitarem as regras de trânsito, fazendo, por exemplo, ultrapassagens irregulares ou excedendo velocidade.

“Esperamos que os condutores acatem as mensagens e observem a condução defensiva para preservar a sua própria vida”, disse.

Convidando os moto-taxistas a acatarem as mensagens divulgadas, Gimo lembrou que capacetes, coletes reflectores e outros meios são importantes para o próprio condutor porque garantem que, em caso de acidente, esteja protegido.