Destacados ganhos da segurança social

A SEGURANÇA social no país tem se afirmado como um dos factores de inclusão e garante do desenvolvimento sustentável de Moçambique, segundo a ministra do pelouro, Margarida Talapa.

Numa mensagem dirigida aos parceiros sociais, nomeadamente empregadores e trabalhadores, por ocasião de 8 de Maio, Dia Mundial da Segurança Social, Margarida Talapa destaca os ganhos conquistados pelo país na garantia de um futuro seguro para os trabalhadores e seus dependentes.

A título de exemplo, apontou os cerca de 2.500 mil trabalhadores por conta de outrem e outros por conta própria que já estão inscritos no sistema gerido pelo Instituto Nacional da Segurança Social (INSS), bem como os mais de 100 mil pensionistas, de diversas categorias das prestações, nomeadamente os que recebem pensões por velhice, invalidez e de sobrevivência.

Tal demonstra, segundo Talapa, que o sistema tem robustez financeira para responder, cabalmente, a missão de garantir a subsistência dos trabalhadores.

Na mensagem, Talapa atribuiu os ganhos registados a todos os parceiros sociais, sublinhando, ao mesmo tempo que, volvidos 33 anos da sua existência, o sistema apresenta progressos assinaláveis em vários domínios, como é o caso da abrangência de mais trabalhadores sobretudo os por conta, do alargamento da cobertura territorial para mais distritos do país, para além da modernização e informatização dos serviços, permitindo a celeridade na resposta aos requerimentos submetidos pelos utentes.