CAF inspecciona estádios angolanos

ALGUNS estádios angolanos serão novamente avaliados a partir de hoje, pela Confederação Africana de Futebol (CAF) para acolherem a fase de grupos da Liga de Clubes Campeões, após aval negativo em finais de 2021.
Um inspector do órgão reitor do futebol continental é esperado hoje (6) devendo trabalhar no Lubango, província da Huíla, no Estádio da Tundavala, interditado para jogos da CAF, escreve ANGOP.
O responsável desloca-se depois (amanhã) ao Dundo, Luanda Norte, e de domingo até dia 12 ficará em Luanda, capital angolana.

As tarefas vão, particularmente, incidir sobre os recintos indicados pelos representantes angolanos ao evento, designadamente, Sagrada Esperança e Petro de Luanda.
Quando faltam pouco mais de um mês para o arranque da competição, em que as duas formações figuram no Grupo “D”, o Sagrada tem como primeira opção o Estádio do Dundo, seguido do Estádio dos Coqueiros e o 11 de Novembro.

Já o Petro preferiu inicialmente o Estádio 11 de Novembro, depois o dos Coqueiros e o 22 de Junho.
O 11 de Novembro também está vetado para jogos continentais após o incumprimento da orientação de melhoramento, fundamentalmente a nível da relva, das bancadas e balneários de acesso ao público.
No imóvel do Dundo, igualmente interditado, a exigência da CAF prende-se com o melhoramento do relvado, bancadas, balneários e linhas de acesso ao recinto.