VILA MUNICIPAL DE MARRUPA TEM UM NOVO COMANDO DISTRITAL DA PRM

VILA MUNICIPAL DE MARRUPA TEM UM NOVO COMANDO DISTRITAL DA PRM
MINT

O Novo Comando Distrital da Polícia da Republica de Moçambique no Distrito de Marrupa, vai contribuir para a redução do índice de criminalidade no local, segundo defendeu Lina Portugal, Secretária de Estado na província de Niassa, que inaugurou o novo edifício daquela subunidade policial na tarde de ontem.

Portugal salientou que a ordem, a segurança e tranquilidade públicas são factores indispensáveis e indissociáveis ao almejado crescimento e desenvolvimento económico da Provincia em particular, e do País, em geral.

A dirigente instou a todos, Polícias, membros do Conselhos Comunitários de segurança e a própria comunidade para agudizarem a vigilância permanente e contínua na prevenção e no combate a criminalidade, promoção da ordem e tranquilidades publicas na Vila Municipal em particular, e nos bairros circunvizinhos que tem sido apontados como focos de prática de crimes.

A Secretária de Estado apelou aos agentes afectos naquele Comando Distrital para a necessidade de preservação do património, através da prática de bons hábitos de higiene e limpeza.

A representante do Conselho dos Serviços de Representação de Estado no Niassa encorajou a PRM a se engajar cada vez mais no combate ao crime e na proteção da população.

Portugal expressou estar convicta de que a população do Distrito de Marrupa e da Vila Municipal com o mesmo nome, continuará a colaborar com a Polícia, denunciando os criminosos, contribuindo de forma permanente e contínua na procura de solução de segurança para tornar, dessa forma, Marrupa um lugar ordeiro e cada vez mais seguro.

Veronica Nkuenda, Comandante Provincial da Polícia da República de Moçambique no Niassa, presente na cerimónia de inauguração das novas instalações da corporação, assegurou que serão intensificadas acções operativo-preventivas com vista a estancar focos de crime no Distrito de Marrupa, proporcionando um ambiente de segurança e tranquilidade aos Cidadãos.

Fonte: MINT