Três mortos em tiroteio na Polana Caniço

Policias acusados de roubar 300 mil meticais
Jornal Noticias

TRÊS indivíduos foram baleados mortalmente na madrugada de ontem, no bairro Polana Caniço A, na cidade de Maputo, numa troca de tiros entre os visados e agentes da Polícia da República de Moçambique (PRM).

De acordo com informações fornecidas pelo portavoz da PRM na cidade de Maputo, Leonel Muchina, o incidente ocorreu durante uma perseguição policial em que os três indivíduos mortos se faziam transportar numa viatura que se suspeita que tenha sido roubada.

 “Esta troca de tiros teve início na Avenida de Moçambique, quando os indivíduos em questão foram solicitados a parar, mas não acataram a ordem dada pelas autoridades. Foi então encetada uma perseguição durante a qual ocorreu uma intensa troca de tiros que resultou na fatalidade desses membros da quadrilha”, disse.

Muchina informou ainda que do lado da Polícia nenhum agente ficou ferido ou foi alvejado durante o incidente. Durante a perseguição, a Polícia conseguiu recuperar duas armas de fogo que supostamente eram utilizadas pela quadrilha para cometer crimes na cidade e província de Maputo.

 A fonte afirmou que a viatura em causa foi produto de um assalto em que os suspeitos teriam solicitado um serviço de táxi por aplicativo e, ao chegarem ao local, apontaram uma arma ao taxista, obrigando a entrar no portamalas do veículo.

No entanto, o taxista conseguiu escapar posteriormente. Diante do sucedido, Leonel Muchina apelou aos operadores de táxis para serem mais vigilantes.

Fonte: Jornal Noticias