SERNIC aperta o cerco ao tráfico de drogas

SERNIC apreende droga diversa

AS investigações levadas a cabo pelo Serviço Nacional de Investigação Criminal (SERNIC) nos últimos tempos tem estado a contribuir para a reduzir a venda e o consumo de drogas na cidade de Maputo.

 O porta-voz do SERNIC, Hilário Loulé, disse ao “Notícias” que pelo facto de ser a capital do país, Maputo acaba sendo o destino final preferencial de narcóticos para consumo.

 Revelou que entre Abril de 2022 e Março último foram apreendidos e destruídos 56 quilogramas contra 73 de igual período do ano anterior. Segundo o porta-voz, a cocaína, a cannabis sativa (suruma) e a heroína são as drogas mais apreendidas, sendo que no Aeroporto Internacional de Mavalane tem confiscado maior quantidade de estupefacientes.

Nos últimos cinco anos, a maior quantidade de drogas registada aconteceu em Janeiro último, quando foram apreendidas 17 quilos de cocaína. ‘Tivemos outras apreensões de grandes quantidades. Com isso quero dizer que são poucas as quantidades apreendidas de tempos em tempos.

 O Aeroporto de Maputo, o maior terminal aéreo internacional do país, regista mais apreensões de drogas’’, explicou.

Fonte: Jornal Noticias