Reforçada capacidade de investigação criminal

Meios de transporte reforçam a capacidade de intervenção do SERNIC em Nampula

A CAPACIDADE de investigação e resposta aos processos mcriminais em Nampula está cada vez mais reforçada, mercê da afectação de mais três viaturas ao SERNIC. A acção enquadra-se no âmbito dos esforços empreendidos pelo Governo, no sentido de dotar a instituição de meios à altura para investigar e esclarecer crimes.

O director do SERNIC em Nampula, Sérgio Vuca, disse que as viaturas são uma mais-valia, pois irão reforçar a frota existente. Indicou que o Serviço nesta parcela do país, em particular na capital provincial, tem sido confrontado com muitos crimes, facto que preocupa a instituição.
De Janeiro a Março do ano em curso, o SERNIC esclareceu 436 casos, dos 1903 processos que deram entrada na instituição. Durante este período foram notificados casos de homicídio e violação sexual, todos no distrito de Malema.
O secretário de Estado na província, Mety Gondola, que procedeu à entrega dos meios, sublinhou que as viaturas irão reforçar a capacidade de actuação dos Serviços de Investigação Criminal em Nampula.
Exortou aos agentes do SERNIC a usarem os veículos de uma forma racional e responsável para trazerem resultados e respostas imediatas aos casos criminais que apoquentam a população no seu quotidiano.
Reconheceu, entretanto, as dificuldades por que passam os agentes da instituição, mas espera que as viaturas contribuam para uma reacção, cobertura e esclarecimento rápido dos crimes.