Pais chamados a darem mais atenção aos filhos

  • Esmeralda da Conceição, psicóloga

A PSICÓLOGA clínica e de aconselhamento no HPT, Esmeralda da Conceição, adverte os pais e encarregados de educação a evitarem expor as crianças a situações de risco de violação sexual, como mandá-las
vender na via pública ou deixá-las ficar sozinhas na rua à noite.

Falando ao “Notícias”, encoraja também as autoridades governamentais a organizarem palestras com curandeiros, mostrando os prejuízos dos tratamentos que promovem a violação de crianças.

“Essas práticas são muito más. Elas criam trauma nas crianças, além de serem focos de transmissão de
doenças”, diz, revelando que todas as meninas que tem atendido no hospital chegam acanhadas e deprimidas, assustadiças e com insónia, pois as imagens de violência vêm sempre às suas mentes.

Por seu turno, a responsável pelo Departamento da Medicina Legal no HPT, Nharai Adamo, esclareceu
que a exortação feita para as vítimas denunciarem os actos sofridos não visa destruir lar, mas quebrar o ciclo de violência na família.

Garantiu ainda que todas as unidades sanitárias da província estão preparadas para atender as vítimas de violência baseada no género e que elas recebem acompanhamento de aproximadamente seis meses para a recuperação psicológica. Para os crimes sexuais, envolve ainda os testes de controlo de ITS, incluindo HIV/Sida e pro