Navio supostamente com armas sul-africanas para a Rússia esteve na Beira

Navio supostamente com armas sul-africanas para a Rússia esteve na Beira
fonte: VOA

Um navio russo que, segundo as autoridades americanas transportava armas e munições sul-africanas para a Rússia, esteve quatro dias no porto moçambicano da Beira, adensando-se assim o mistério sobre o alegado transporte de armas sul-africanas que azedaram as relações entre Washington e Pretória.

O embaixador dos Estados Unidos na África do Sul, Reuben Brigety, disse na quinta-feira, 11, que o navio russo “Lady R” que esteve no porto de Simon’s Town na Cidade do Cabo tinha carregado armas e munições para a Rússia em violação das sanções internacionais, algo que um porta-voz do Conselho de Segurança Nacional dos Estados Unidos, John Kirby, descreveu de “uma questão muito séria”.

A África do Sul reagiu, convocou o embaixador ao Ministério dos Negócios Estrangeiros e acusou-o de violar um acordo alcançado entre as duas partes para que o assunto fosse investigado por um juiz sul-africano reformado antes de qualquer declaração pública.

O Ministério dos Negócios Estrangeiros da África do Sul disse não haver registo de uma venda aprovada de armas pelo Estado à Russia no período em questão, enquanto John Kirby recusou-se a comentar a possibilidade de se tratar de uma transacção privada.

Dados de navegação marítima divulgados pela companhia Refinitiv indicam que o navio “Lady R” atracou no porto da Beira, em Moçambique, a 7 de Janeiro, onde permaneceu até ao dia 11 desse mesmo mês, desconhecendo-se quais as suas actividades naquela porto.

Não houve qualquer declaração do Governo moçambicano ou das autoridades portuárias da Beira sobre a presença do navio, o que só por si pode constituir uma violação das sanções americanas pois o navio e a companhia a que pertence, Transmorflot, estão na lista de sanções aplicadas pelos Estados Unidos por “transportarem armas para (o Governo da) Rússia”.

Mais tarde o navio deslocou-se à cidade portuária de Port Sudan no Sudão antes de chegar ao porto russo de Novorossiysk a 16 de Fevereiro.