Massingir produz citrinos para o mercado asiático

O DISTRITO de Massingir, na província de Gaza está a produzir variedades de citrinos em grande escala visando exportação para o mercado asiático.
Para o efeito, a Massingir Citrus, empresa responsável pelo cultivo citrino naquele distrito, projecta abastecer até finais de 2024, países como a China, Vietname e Indonésia.
O coordenador de produção na Massingir Citrus, Issufo Manaze, explica que a unidade dispõe de uma área de 505 hectares para a produção de variedades com destaque para laranja, limão, entre outros. Para este projecto, com capital estrangeiro, estão a ser investidos cerca de 3.5 milhões de dólares de um total de 10 milhões projectados.
No seu segundo ano de exploração dos campos, a Massingir Citrus está também aproduzir outras culturas de rendimento rápido como repolho, cebola, abóbora e batata-reno.
No ano passado, em fase experimental, foram produzidas 800 toneladas de repolho e, actualmente, estão a ser cultivadas 800 toneladas de cebola para reforçar a disponibilidade no mercado nacional.

Os campos agrícolas cobrem uma área total de 505 hectares destinados só a frutas, sendo uma zona virgem, sem necessidade do uso de fertilizantes, onde é praticada agricultura mecanizada com rega gota a gota e um pivó centrar, contando com uma fonte de água que cobre uma superfície de mais de um quilómetro quadrado