Mais água para zonas rurais

MAIS de 41 mil pessoas que vivem nas zonas rurais da província de Tete já consomem água potável disponibilizada por uma rede constituída por 137 novas fontes abertas no ano passado, segundo deu a
conhecer o director provincial das Obras Públicas, Nelson Chuze, no Conselho Executivo provincial.

De acordo com Chuze, esta cifra corresponde a um crescimento na ordem de 48,9 por cento quando comparado com as 92 fontes construídas e em funcionamento, em igual período do ano 2020.

Ainda em curso, mas numa fase adiantada, estão outros nove sistemas de abastecimento de água, dos quais quatro irão funcionar na base de energia solar e outros cinco através do sistema híbrido (energia eléctrica e solar). “Após a conclusão, que ocorrerá neste primeiro semestre de 2022, estes sistemas representarão uma evolução em cerca de 100% quando comparado com os quatro construídos em 2020”, afirmou Chuze.

A fonte explicou que o aumento da cobertura no abastecimento de água é um elemento prioritário e vital para o bem-estar dos cidadãos nas zonas rurais e urbanas, sendo fundamental que a mesma seja em quantidade e qualidade para promover a higiene individual e colectiva. “Estamos a promover acções nas comunidades tendentes a melhorar a higiene individual e colectiva, saneamento básico, urbano e rural, com a participação activa da população e do sector privado”, realçou Nelson Chuze.

Entretanto, constitui aposta do Conselho Executivo provincial a criação de sistemas de gestão e reciclagem de resíduos sólidos para assegurar condições de saneamento condignas nas comunidades urbanas, peri-urbanas e rurais.

Como forma de garantir a higiene colectiva, Chuze afirma estarem em curso, em todos os distritos, campanhas periódicas de limpeza das casas e outros espaços partilhados
das aldeias, povoações, vilas e cidades.

Nelson Chuze reconheceu o papel levado a cabo por parceiros de cooperação pelo facto de estarem a contribuir para o sucesso da materialização dos programas e projectos de provisão de água potável às comunidades, com maior destaque para o campo.