Liderança da PRM exortada a esclarecer crimes com urgência.

Liderança da PRM exortada a esclarecer crimes com urgência.
Jornal Noticias

OS chefes de sectores, no Comando Provincial da Polícia da República de Moçambique (PRM) em Tete, foram exortados a esclarecer, com urgência, a ocorrência de crimes naquela parcela do país.

O repto foi lançado na sexta-feira, na cidade de Tete, pelo diretor da Ordem e Segurança Pública da PRM, Silvestre Zacarias, no encerramento do primeiro curso de sectorização de 149 membros da corporação. Segundo ele, para que o desafio que foi colocado à liderança da PRM produza resultados positivos, é importante que se criem condições para que haja uma recolha de informações de forma rápida na comunidade e com isso, garantir-se sossego para as populações.

“Com esta formação de sectores abre-se uma nova etapa na flexibilidade de esclarecimento de todos casos criminais na província. Já precisávamos de vocês, porque com o anterior número não conseguíamos cobrir esta região”, reconheceu.

Explicou que um chefe de sector é um polícia que trabalha também com a comunidade, através da qual recolhe informações operativas importantes para o esclarecimento dos casos criminais. “Para realizarem este trabalho, devem ser humildes e calmos para conquistar a confiança da população, principalmente dos chefes de quarteirão.

Posturas contrárias a estas podem retrair as pessoas”, advertiu. Estimulou aos formandos a serem “pessoas exemplares, dinâmicas, responsáveis, disciplinadas, distanciando-se da viabilização dos crimes relacionados à imigração ilegal e outras ações pouco abonatórias”.

Os chefes de sectores, por sua vez, garantiram que irão cumprir com o dever de realizar constantemente reuniões e palestras visando promover uma maior proximidade com as comunidades locais.

A atuação dos chefes de sectores na PRM deve ser feita em colaboração com as comunidades locais.

Fonte: Jornal Noticias