COVID-19 Mais de 100 novas infecções em cada província

MAIS de 100 novas infecções pelo novo coronavírus registaram-se ontem em todas províncias do país, o que totaliza 2975 casos positivos identificados em 7178 amostras testadas em laboratórios públicos e privados.
A Saúde anunciou também mais 11 óbitos, 45 internamentos e 887 recuperados da contaminação pelo Sars-CoV-2.
Das novas infecções, a cidade de Maputo lidera na contagem, com 484 casos, seguida das províncias de Maputo, com 418, Inhambane, 351, Zambézia, 340, Sofala, 297, Gaza, 258 e Nampula, 219. Tete, Cabo Delgado, Manica e Niassa registaram, respectivamente, 166, 158, 145 e 139 casos positivos.

Com estes episódios, subiu para 196.345 o total de casos positivos no país e o de casos activos fixou-se em 34.733.
Esta informação consta do comunicado do Ministério da Saúde que actualiza os dados sobre a situação da Covid-19 em Moçambique, que explica ainda que quatro dos óbitos foram registados ontem, cinco na segunda-feira e os restantes nos dias anteriores. As mortes, de indivíduos dos 22 aos 93 anos, ocorreram na cidade de Maputo (seis) e os restantes nas províncias de Maputo (duas), Gaza, Inhambane e Tete (com um perecido cada). Assim, eleva para 2042 o total de óbitos por Covid-19 no país.

O documento refere igualmente que com os novos 45 internamentos, 24 dos quais na cidade de Maputo, aumentou para 195 o número de pacientes que actualmente estão hospitalizados nos centros de tratamento da Covid-19 e em outras unidades hospitalares.

De acordo com o Ministério da Saúde, entre segunda-feira e ontem 39 doentes abandonaram o leito hospitalar por mostrarem melhorias do seu quadro clínico, sendo 16 na cidade de Maputo, seis em Sofala, cinco em Maputo e quatro no Niassa. Os restantes estão distribuídos pelas províncias de Cabo Delgado, Zambézia, Inhambane e Gaza, com duas altas cada.
No que se refere aos recuperados, os dados da Saúde indicam que 365 foram declarados na província de Inhambane, 351 em Maputo, 149 em Sofala e 22 na Zambézia.