NAMPULA OJM na prevenção da Covid-19

A ORGANIZAÇÃO da Juventude Moçambicana (OJM) na cidade de Nampula está a realizar uma campanha de pulverização das instituições públicas, no âmbito da prevenção da Covid-19 e da preparação do II Congresso, a ter lugar este ano. Desde o ano passado que a OJM está envolvida, em todo o país, nas actividades de preparação da reunião máxima, em que deverão ser eleitos os órgãos sociais.

Desta vez, os membros desta organização social do partido Frelimo escalaram o Instituto de Formação de Professores de Nampula (IFPN), no bairro de Napipine, onde pulverizaram todos os compartimentos e o pátio para prevenir a contaminação pelo novo coronavírus.
Luís Felisberto, secretário da OJM na cidade de Nampula, disse que a pulverização do instituto e outras instituições ainda por escalar visa minimizar o risco de infacção, sobretudo nesta altura em que se fala da nova variante Ómicron, considerada mais contagiosa.

Outra motivação é que o IFPN vai acolher os exames de admissão para o ingresso de novos formandos, o que aumenta o risco de contaminação, havendo necessidade de redobrar a prevenção.
Sobre a preparação do congresso, Felisberto disse que os jovens estão a trabalhar em todos os bairros para que o momento seja de grande festa e renovação da sua prontidão para progresso do partido na busca de melhores soluções para os cidadãos.

Conforme disse, na qualidade de organização social da Frelimo, a OJM tem a responsabilidade de preparar melhor os próximos desafios, nomeadamente as eleições municipais de 2023 e gerais de 2024, de modo que o bem-estar dos moçambicanos seja garantido.

Outra actividade que os jovens estão a realizar em Nampula é a limpeza dos lugares de maior concentração de pessoas, como mercados, terminais de transportes, hospitais, entre outros, para a prevenção de doenças como malária, diarreias e as demais associadas à presente época chuvosa.