Campanha gratuita assiste 34 doentes

O HOSPITAL Central da Beira (HCB) vai promover uma campanha gratuita de serviços de oftalmologia que consiste na reconstrução completa da vista, devendo abranger 34 doentes previamente seleccionados.

O oftalmologia Abel Polaze, afecto ao sector de oftalmologia nesta unidade sanitária, revelou que quatro doentes serão operados diariamente, num processo delicado e que, em clínicas privadas, é caro.

O médico oftalmologista explicou que a iniciativa surge em parceria com uma organização não-governamental espanhola denominada Oculoplástica, que suporta todas as despesas, desde a movimentação de especialistas estrangeiros até ao equipamento de ponta a ser usado nas intervenções cirúrgicas.

Aliás, conforme o interlocutor, a campanha já decorre sem sobressaltos e conta com quatro especialistas, entre nacionais e estrangeiros. No ano passado, a iniciativa beneficiou 25 doentes que, nos dias que correm, já se apresentaram com a sua vicorrigida.

Sobre o assunto, a directora clínica do Hospital Central da Beira, Ana Tambo, reconheceu que o facto representa um grande alívio para os necessitados, sustentando que a maneira como se prestava a assistência no tratamento desta patologia era deficiente.

“Os doentes eram transportados da Beira para Maputo e vice-versa, implicando uma logística onerosa. Assim, esta parceria representa uma mais- -valia para o Hospital Central da Beira, pois os seus técnicos sairão igualmente melhor preparados para futuras intervenções, tendo em conta que a campanha possui igualmente uma componente formativa”, afirmou Ana Tambo.