As Universidades devem responder os desafios do pais

As Universidades devem responder os desafios do pais

AS INSTITUIÇÕES de Ensino Superior (IES) devem continuar a aprimorar a qualidade de investigação científica para dar respostas aos grandes desafios que o país e o mundo enfrentam, incluindo as alterações climáticas. O desafio foi reiterado sexta-feira, no distrito de Namaacha, província de Maputo, pelo vice-ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Edson Macuácua, por ocasião da XII Cerimónia de graduação do Instituto Superior de Educação e Tecnologia (ISET One World), uma instituição sob tutela da organização não-governamental Ajuda de Desenvolvimento de Povo para Povo (ADPP).

“As universidades devem dar respostas aos grandes desafios que o país, região e o mundo enfrentam, porque são, por excelência, centros de investigação onde estudantes e professores têm a oportunidade de desenvolver novas abordagens aos desafios decorrentes das mudanças climáticas e outros”, disse o dirigente.

Macuácua enalteceu o ISET One World por ser a única instituição de ensino superior no país acreditada por um selo de qualidade atribuído pelo Conselho Nacional de Avaliação da Qualidade (CNAQ). “O ISET tem que continuar como instituição de excelência na sua tripla função de garantir a qualidade no ensino, pesquisa e extensão e produzir um capital humano em condições de contribuir para o desenvolvimento do país”, realçou.

 O vice-ministro referiu que o desenvolvimento do capital humano é um dos pilares do Plano Quinquenal do Governo (20202024), que visa intensificar os sectores produtivos com potencial para aumentar a geração de rendimentos e criar mais oportunidades de emprego, especialmente para os jovens. “Como uma instituição de referência na formação de quadros com o padrão exigido, esperamos que os graduados estejam à altura de um mercado e sociedade cada vez mais exigentes para justificar o estatuto de que se orgulha a universidade”, disse Edson Macuácua.

Por seu turno, o diretor do Instituto, Adriano Niquice, reafirmou o compromisso da instituição em assumir a liderança na investigação e na promoção de valores nos sectores que ensinam, a fim de estar em sintonia com as exigências dos desafios catuais do país. Ao todo, foram graduados 59 estudantes na XII edição no ISET OneWorld, nos cursos de Licenciatura em Pedagogia, Educação para o Desenvolvimento Comunitário e Ensino de Português e outros cinco no grau de mestrado.

Fonte: Jornal Noticias