AR na rede parlamentados “Não-alinhados “Plenário da Assembleia da República.

AR na rede parlamentados “Não-alinhados “Plenário da Assembleia da República.

 Entendemos que a nossa participação nesses organismos visa mostrar a diplomacia moçambicana e ainda é uma clara demonstração de que existimos como nação”, referiu Chalaua, salientando a sua relevância na medida em que permitirá capitalizar experiências que poderão ser replicadas no contexto nacional.

“Precisamos participar, como Parlamento, nestes fóruns para adquirir experiências sobre como decorrem os trabalhos e como é feita a convivência ao nível dos parlamentos do mundo.

A ideia é melhorar e enriquecer o nosso trabalho, sobretudo a qualidade do nosso debate para que seja apreciável constantemente”, apontou. Entretanto, a bancada parlamentar do Movimento Democrático de Moçambique (MDM) não tem nenhum representante neste grupo, tendo em conta o reduzido número dos seus deputados.

Ainda na sessão de ontem, o Parlamento aprovou, por consenso, outras resoluções atinentes à eleição dos membros de comissões de trabalho.

Por exemplo, para a Comissão de Agricultura, Economia e Ambiente (CAEA) da Assembleia da República, foram eleitos os deputados Glória Salvador (Relatora), Victor Viando Mude via (Vice Relator) e Carlos Samussone Maiela (membro da Comissão), e ainda Mário Alfredo Salimo, como suplente.