Reabilitação concluída no próximo ano

As obras de reabilitação do Porto de Nacala, na província de Nampula, só serão concluídas até Julho do próximo ano. A informação foi prestada recentemente pelo director do Porto de Nacala, Neimo Induna, numa visita que a administradora do distrito de Nacala, Etelvina Fevereiro, efectuou à infraestrutura para se inteirar do ritmo dos trabalhos relativos à sua reabilitação, modernização e expansão.

A fonte referiu que a demora na conclusão das obras resulta do facto de envolverem grandes desembolsos, para além de que o mercado da região norte do país tem dificuldades de fornecer materiais de qualidade para os empreiteiros.

O “Notícias” sabe que o cronograma de actividades referentes ao projecto de reabilitação, modernização e expansão do Porto de Nacala tem estado a sofrer alterações em função da dinâmica do dia-a-dia. Neste momento, o nível de execução situa-se em 34 por cento e por isso houve a necessidade de alterar os prazos para a sua conclusão.Falando no local, a administradora de Nacala, Etelvina Fevereiro, afirmou que o tra-balho em curso vai permitir o descongestio-namento de camiões ao longo da rotunda do porto.

O Porto de Nacala é estratégico porque é usado para o manuseamento de carga dos países da região, com destaque para o Malawi, Zâmbia e República Democrática do Congo (RDCongo), para além de mercadorias para a zona norte do país.

Durante anos, o Porto de Nacala esteve sob gestão do Corredor de Desenvolvimento do Norte (CDN), em regime de concessão, mas em 2019, por decisão do Governo, a infraestrutu-ra voltou, com efeitos desde Janeiro de 2020, ao controlo da empresa Portos e Caminhos de Ferro de Moçambique (CFM).