Pugilista morre no ringue

MUSA Yamak faleceu aos 37 anos a fazer o que mais gostava. O pugilista alemão perdeu a vida no ringue, na segunda-feira, num combate com o ugandês Hamza Wandera, vítima de enfarte.

Os treinadores e profissionais clínicos procederam a manobras de reanimação com o óbito a ser declarado no hospital. Algumas pessoas protestaram uma possível intervenção tardia dos profissionais após o colapso do atleta. amak, nascido na Turquia, contava com oito combates profissionais disputados e só somava vitórias até à data.

Sentiu-se mal pouco antes do início do “terceiro round”, caindo inanimado no ringue.