Polícia aborta sequestro

Detidos dois motoristas por desvio de óleo bruto
Jornal Noticias

DOIS indivíduos de nacionalidade sul-africana estão a contas com a Polícia da República de Moçambique (PRM) na cidade de Maputo indiciados na tentativa de rapto de um empresário nacional na noite de quarta-feira.

Os indiciados são integrantes de uma quadrilha de cinco elementos, três dos quais colocaram-se em fuga depois de se aperceberem da presença da Polícia.

O porta-voz da PRM na cidade de Maputo, Leonel Muchina, disse ontem ao “Notícias” que os acusados interpelaram a vítima na Avenida Karl Marx, quando saia da viatura em direção ao estabelecimento comercial onde realiza as suas atividades.

“Depois de se aperceberem da agitação da população os agentes posicionados nas proximidades dirigiram-se ao local e se depararam com os criminosos a arrastarem o empresário para uma viatura estacionada na rota de fuga”, disse. Muchina acrescentou que decorrem diligências para identificar e capturar outros integrantes do grupo.

 O caso dos cidadãos sul-africanos será dirigido ao Serviço Nacional de Investigação Criminal (SERNIC) para o apuramento de outros dados.

Fonte: Jornal Noticias