OMS prevê mais casos de varíola dos macacos

A ORGANIZAÇÃO Mundial da Saúde (OMS) afirmou domingo esperar que os casos de varíola dos macacos continuem a surgir, doença que foi detectada nos últimos dez dias em 12 países. O foco e rota de contágio ainda não foram identificados.”A situação está a evoluir de tal forma que a OMS acredita haverá mais casos de varíola a serem identificados à medida que a vigilância for estendida em países que não são endémicos”, refere a nota epidemiológica da organização. As informações indicam que quem tem maior risco de contágio são aqueles que têm contacto físico com alguém que está infectado e apresenta sintomas.