NO DESENVOLVIMENTO DO PAÍS: Frelimo destaca papel da comunidade muçulmana

A FRELIMO exorta a comunidade muçulmana a empenhar-se, de forma contínua, no aumento da produção e produtividade para que o país usufrua do crescimento económico que contribua para a melhoria da vvida de todos os moçambicanos. A exortação consta de um comunicado de imprensa enviado ao “Notícias” por ocasião do fim do Ramadão, a festa do Eid al-Fitr, assinalado segunda-feira.

Na mesma mensagem, a Frelimo louva a comunidade muçulmana ao repudiar veementemente os actos macabros protagonizados por terroristas no norte da província de Cabo Delgado, evocando a religião.

O partido no poder diz estar a notar com satisfação a mobilização de apoios em bens, utensílios, materiais de construção e conforto moral por parte da comunidade islâmica àqueles que sofrem o tormento dos terroristas na zona nortenha de Cabo Delgado.

“Queremos manifestar o nosso carinho especial para com a comunidade islâmica pela sua entrega na educação moral e escolar aos futuros percursores da nação moçambicana”, indica o comunicado. A Frelimo considera que a comunidade islâmica em Moçambique tem contribuído em larga medida, no crescimento dos índices macroeconómicos, através da sua participação na indústria, comércio, prestação de serviços, entre outras.

Segundo o mesmo comunicado, a Frelimo reconhece ainda o contributo da comunidade muçulmana na prevenção e combate à pandemia da Covid-19.

Para a Frelimo, o Islão é uma religião que valoriza a interacção social, por isso, junta-se a todos os crentes nesta nobre missão demonstrada no período do Ramadão, de devoção a Allah, renovação da fé, prática de actos de solidariedade para os mais necessitados, promoção de valores de bondade, perdão e tolerância.

“A Frelimo deseja à comunidade muçulmana e a todos os crentes do Islão uma boa passagem do Eid al-Fitr, dia consagrado ao fim do Ramadão”, sublinha o comunicado.

Eid al-Fitr assinala o fim do Ramadão, um mês marcado pelo sagrado jejum por parte dos concidadãos que professam a religião muçulmana.