City e Inter encontram-se na final da Champions de Istambul

City e Inter marcam encontro na final da Champions de Istambul
Fonte: O Pais

A final da Liga dos Campeões da Europa é conhecida. A 10 de Junho próximo, Manchester City e Inter de Milão vão decidir, em Istambul, quem fica com o canecão e destrona o detentor do troféu, Real Madrid.

Bernardo Silva esteve em destaque na noite desta quinta-feira, na vitória do Manchester City sobre o Real Madrid por 4-0 no Ethiad, que coloca o emblema inglês na final da Liga dos Campeões. Os Citizens, que se preparam para ser campeões ingleses, deram um banho de bola aos actuais detentores do troféu, na segunda mão das meias-finais da prova. O resultado só não foi mais volumoso porque Courtois tirou três golos cantados a Haaland.

Na final, o Manchester City vai medir forças com o Inter Milão, que afastou o rival AC Milan (2-0 e 1-0).

Depois do sono que foi o Inter 1-0 AC Milan da última terça-feira, os amantes do futebol ansiavam por este duelo entre os principais candidatos a vencer a prova, nesta que era uma espécie de final antecipada. O 1-1 no Bernabéu tinha deixado tudo em aberto para o Ethiad, onde havia a curiosidade de saber se os merengues voltariam a ter capacidade para travar esta máquina de jogar futebol, que é a equipa de Guardiola.

Para o milionário Manchester City, este jogo era visto como o penúltimo da Champions rumo ao tão desejado título que o clube persegue há quase duas décadas.

Numa reedição da meia-final da última temporada, o Real Madrid esperava novo triunfo (ainda que fosse nas grande penalidades) para continuar dono e senhor da mais importante competição europeia de clubes e poder elevar o recorde para 15 conquistas, numa época em que já venceu a Taça do Rei de Espanha, mas deixou a Liga Espanhola fugir para o rival Barcelona.

Depois do 1-1 na primeira mão, o Manchester City mostrou a razão de ser a melhor equipa do Mundo na actualidade, com estes 4-0 ao campeão europeu e do mundo.

Em busca do seu primeiro título da Champions, o Manchester City regressa à final, duas temporadas depois de ter perdido com o Chelsea no Estádio do Dragão, defrontando o Inter de Milão, três vezes campeão europeu, no encontro decisivo, marcado para 10 de Junho, em Istambul, um local com capacidade para mais de 75 mil espectadores.

Esta será a segunda decisão da Liga dos Campeões sediada pelo estádio, que já recebeu a final da temporada 2004/05, entre Milan e Liverpool, vencida pelos ingleses após empate por 3-3 no tempo regulamentar e vitória nos penáltis.

O estádio também quase sediou a final da temporada 2020/21, mas, com a piora da situação da pandemia de COVID-19 na Turquia, a decisão foi transferida para o Estádio do Dragão, no Porto, em Portugal.

O campeão de 2022/23 vai facturar 20 milhões de euros (perto de mil e trezentos e sessenta e sete milhões de Meticais), enquanto o vice embolsará 15,5 milhões de euros (quase mil milhão e seiscentos milhões de Meticais).