Aonde é que estão os 40 milhões de dólares?

De um tempo para cá, os ministros das Finanças dos diferentes governos da Frelimo não são sérios (com destaque para Manuel Chang). Desta vez é o senhor Max Tonela. Ele diz que desde o inicio da exportação do gás do projecto Coral Sul FLNG, em Novembro de 2022, Moçambique recebeu cerca de 40 milhões de dólares.

No entanto, o seu uso, diz o ministro, está condicionado à aprovação da Proposta de Lei que cria o Fundo Soberano de Moçambique (FSM).Diz ainda o bom do ministro que as receitas até aqui geradas estão guardadas pela Autoridade Tributária (AT) em uma conta segura. Todavia, não esclarece em que banco está depositado o tal dinheiro.O Fundo Soberano de que tanto se fala, diz-se que vai ser transparente. Todos os moçambicanos ficarão a saber quanto é que tem nos cofres e de que modo está a ser utilizado.

Ora, se as poucas receitas que já começaram a entrar estão a ser escondidas, como é que vamos acreditar que quando ser muito dinheiro todos saberemos?

Não seria bom a Frelimo começar por dizer o que é feito dos 40 milhões de dólares? Diz que estão guardados: onde? No bolso de algum governante frelimista? E mandam prender o Doppaz quando diz a verdade….