LAM reporta ocupação máxima dos seus voos

LAM reporta ocupação máxima dos seus voos
Jornal Noticias

OS voos da LAM (Linhas Aéreas de Moçambique, SA) estão a registar ocupação máxima na primeira semana em que vigora a redução de preços das passagens aéreas em 30 por cento, comunicou a empresa.

O quadro ilustrativo de ocupação dos voos desde o dia 1 de Julho de 2023 é de composição efetiva dos assentos das aeronaves da companhia de bandeira. “O bom preenchimento dos lugares nos voos tem sido uma constante estes dias, como aconteceu hoje, conforme comprovam os dados a seguir”, refere a empresa em comunicado.

No caso específico do dia de ontem, por exemplo, o voo TM 190, com a rota Maputo/Nampula, cujo avião tinha capacidade para 132 passageiros, partiu com 127 viajantes. Na rota Maputo/Beira o avião TM100, com capacidade para 50 passageiros, partiu com 49 pessoas. Já o voo TM301, com a rota Maputo/Joanesburgo, cujo avião tinha capacidade para 89 passageiros, partiu com 85 pessoas a bordo.

Por último, no voo TM 130, com a rota Maputo/Tete, com capacidade para 76 passageiros, viajaram 52 passageiros. Recorda a companhia que a redução do preço de bilhetes em 30 por cento abrange, nesta primeira fase, os voos de/ou para Maputo, Beira, Pemba, Tete, Inhambane, Vilanculos e Joanesburgo.

 Estes resultados são registados no rol de ações que estão a ser implementadas desde 18 de Abril do ano em curso, com a participação da Fly Modern Ark (FMA) na gestão da LAM, visando tornar a companhia rentável e competitiva.

 Fonte: Jornal Noticias