Crescendo Azul: reflexão sobre organização e sustentabilidade

Crescendo Azul: reflexão sobre organização e sustentabilidade
Ministério do Mar, Águas Interiores e Pescas

“Organização, Sustentabilidade e Perspectivas”, eis a tríade que orienta o Seminário de Reflexão sobre a Conferência Crescendo Azul, esta sexta-feira, 02/06, inaugurado pela Ministra do Mar, Águas Interiores e Pescas.

Trata-se, pois, como sublinhou Lídia Cardoso, de um exercício que, com o engajamento de todos os sectores relevantes na governação do mar e Economia Azul, nomeadamente Governo, sociedade civil, academia e sector privado, se esperam sugestões que permitam ao executivo fazer o melhor desenho, planificação e organização deste fórum, tendo em conta, sobretudo, os aspectos da sua sustentabilidade.

A ministra, que recordou o facto desta plataforma de diálogo nacional, regional, continental e internacional ser uma iniciativa do Presidente da República, Filipe Jacinto Nyusi, aproveitou a ocasião para fazer uma retrospectiva das duas edições anteriores (Maputo-2019 e Vilankulo-2021).

Segundo ela, sendo um fórum de periodicidade bienal, disse que este ano devia acontecer a terceira edição, porém, achou-se importante uma reflexão, numa perspectiva inovadora e mais consentânea com a conjuntura doméstica, regional, e não só.

Tomam parte no encontro os membros do Grupo de Trabalho do Crescendo Azul, aglutinando diferentes sectores do Governo e parceiros, directores dos Serviços Provinciais de Actividades Económicas (SPAE) e quadros de outras instituições públicas e privadas, dos níveis central e provincial.

De destacar a presença do presidente do Município de Vilankulo, William Tunzine, anfitrião da edição passada.

A componente iminentemente técnica da reflexão, através de trabalhos em grupo, apresentação e debate de vários temas, foi conduzida pelo PCA do ProAzul, Simeão Lopes, e pela Directora da DIPOL, Felismina Antia, tendo como facilitador o consultor Manuel Castiano.

A realização deste seminário conta com o suporte financeiro do ProAzul.

Fonte: Ministério do Mar, Águas Interiores e Pescas